Vantagens e Desvantagens da Insolvência

Publicado a 10 Junho 2013

Descubra quais são as consequências positivas e negativas de pedir insolvência pessoal. Saiba se você deve ou não escolher este caminho para resolver as suas dívidas.

Apesar do pedido de insolvência singular não ser a melhor coisa do mundo, nem o passo que muitas pessoas querem seguir na sua vida, as vantagens de fazer o pedido de falência são muito maiores do que as suas desvantagens. Embora a pessoa insolvente possua uma restrição de cinco anos de acordo com certas regras do código da insolvência, esta medida pode ser vista como uma oportunidade de melhorar a sua situação financeira depois de não conseguir mais suportá-la.

Desta forma, você não só acaba com o pesadelo de ter o resto da sua vida perdida e cheia de problemas com credores, como também pode perder tudo o que tem com penhoras.

O que vai acontecer depois de pedir insolvência?

Nos primeiros cinco anos após fazer o pedido, e caso tenha um rendimento mensal superior ao ordenado mínimo nacional, parte do seu rendimento será penhorado pelo juiz para pagar uma parte das suas dívidas, que será negociado entre o administrador de insolvência e os credores.

Ao possuir bens em seu nome, na exonoração do passivo restante em dívida, você terá que entregar os seus bens (imóveis, automóveis, motas, entre outros bens com valor) para serem vendidos. O administrador de insolvência será responsável por tratar da gestão e venda dos seus bens.

Vantagens

  • Ficar sem dívidas depois de cinco anos, quer tenha ou não liquidado no total os pagamentos em falta.
  • O plano de pagamento durante os primeiros cinco anos é mais flexível e permite fazer a renegociação dos pagamentos por via judicial, mediante a aceitação dos credores, onde parte do dinheiro em dívida poderá ser perdoado.