Provas de Pagamento Wenyard

Publicado a 31 Março 2014

O Wenyard foi criado em setembro de 2013 e até agora nenhumas ou poucas as provas de pagamento disponíveis. Não invista neste Esquema em Pirâmide!

Nenhuma empresa de Marketing Multinível credível e com um ou mais produtos de qualidade, não precisa de prometer lucros fáceis e rápidos, como a maior parte das fraudes multinível que existem por aí, como o Wenyard, que promete que ao investir aqui o seu dinheiro, você vai ter a liberdade financeira que tanto quer.

Não é preciso ser um profissional da Bolsa, para perceber que este mercado financeiro é bastante rentável, se souber escolher boas empresas, com bastante potencial de rentabilidade. No entanto, o Wenyard mais parece o jogo da “Bolha” do que o jogo virtual da Bolsa.

O Wenyard é um Esquema em Pirâmide que promete um retorno anormalmente elevado ao investir dinheiro real num jogo virtual, ao comprar ações fictícias da NASGO. Nesta Bolsa de Valores virtual manipulada, são poucas as ações fictícias que existem e todas elas vão acabar por fazer-lhe perder dinheiro. O que alimenta este jogo virtual é a entrada de novas pessoas neste esquema.

Esta fraude foi criada em setembro de 2013 e mais de 5 meses depois ainda não existem provas de pagamento ou são muito poucas as provas que existem online. Para um esquema de dinheiro fácil, onde são milhares os “recrutadores” que prometem dinheiro fácil e dizem que é possível ganhar 75€, 1500€, 3000€ ou mais por semana, afinal parece que nem os próprios “recrutadores” ganham muito dinheiro como prometem, porque nem eles próprios têm provas de pagamento Wenyard. Com um retorno mensal assim tão elevado, era para haver mais provas de pagamento Towah ou levamentos usando o cartão de crédito da conta Towah.

Para quem está nesta fraude, recebeu dinheiro na sua conta bancária e quer enviar o comprovativo do pagamento Wenyard para que possamos atualizar este artigo com mais informação, sugerimos que entre em contacto connosco usando o formulário de contacto e envie o link para a foto ou vídeo com o comprovativo.

Pedro Ribeiro