PIRÂMIDE MINERWORLD lança shitcoin MCASH na Suíça. Whitepaper Genérico revelado!

Publicado a 21 Março 2018

MCASH, a versão 2.0 da fraude MINERWORLDA PIRÂMIDE MINERWORLD lançou oficialmente a 18 março 2018, a sua shitcoin MCASH na Suíça, num evento só com Brasileiros. Não tinha gringo! Whitepaper genérico foi finalmente revelado. Você está preparado para a versão 2.0 da PIRÂMIDE MINERWORLD?

Seja bem-vindo à versão 2.0 da PIRÂMIDE MINERWORLD. Se prepare para mais estratégias… para manter os OTÁRIOS iludidos, ocupados e pensarem que algum dia vão receber de volta o valor inicialmente prometido.

Após a PIRÂMIDE MINERWORLD quebrar e não pagar em novembro 2017, começaram as reclamações e preparam o novo plano para continuar a iludir os OTÁRIOS, não pagar o retorno prometido inicialmente e ainda receber ainda mais dinheiro dos OTÁRIOS. Embora algumas pessoas tenham se apercebido que é um golpe, ainda existem muitos OTÁRIOS que acreditam nas mentiras dos FARAÓS e PIRAMIDEIROS.

Apesar das promessas que MINERWORLD minerava Bitcoins e podia pagar 100% de retorno em 12 meses…. não existem provas da mineração de Bitcoins em 2016, 2017 ou 2018. Os 2 blocos partilhados são provas forjadas.

Todos os ESQUEMAS PONZI acabam por quebrar e a MINERWORLD não é diferente. Por essa razão, os PIRAMIDEIROS mais experientes saltaram para a AWS MINING ou para outros golpes.

Quem ainda defende o golpe MINER, é um PIRAMIDEIRO desesperado ou um OTÁRIO que não entende nada de criptomoedas e golpes. Como não existe mais dinheiro para pagar a todos os OTÁRIOS, o novo plano da MINERWORLD foi criar a shitcoin MCASH. e a 31 janeiro 2018 o plano de quitação ridículo.

A nova estratégia das PIRÂMIDES é criar uma shitcoin, assim… podem converter o saldo do backoffice na moeda virtual inútil do golpe e sem valor. O golpe PROSPERITY CLUB criou a shitcoin PROSCOIN, o golpe TRADE COIN CLUB criou a shitcoin TCOIN TCN, o golpe I7 GROUP criou a shitcoin NETSCOIN…. se fossemos falar em todos os golpes que criaram uma shitcoin, ficaríamos aqui até amanhã.

Com esta coisa do Bitcoin e das criptomoedas se terem tornado populares no Brasil, muitos golpistas estão aproveitando a oportunidade para aplicar o golpe em quem não percebe do assunto.

Dinheiro fácil não existe e não cai do céu. Fica a dica!

Negócios sérios não precisam de inventar mentiras, fabricar provas ou prometer coisas que não conseguem cumprir. Um bom exemplo, é a notícia da compra da Novilha usando Bitcoin por Cícero Saadque foi usado para ganhar publicidade grátis para a PIRÂMIDE precisamente 3 meses antes de deixar de pagar.

Se a MINERWORLD tivesse farms de mineração em 2016 e 2017, o golpe nunca teria quebrado. Por isso, você nunca divulgaram as farms de mineração de Bitcoin na China… porque NÃO EXISTEM.

Pelos vistos… a shitcoin MCASH está sendo a estratégia perfeita para nunca pagar dinheiro aos OTÁRIOS. Já começaram as mentiras, para gerar credibilidade em torno da shitcoin que não vão aceitar trocar MCASH por Bitcoin ou Real, no site BITOFERTAS (da própria MINERWORLD). Como não existe dinheiro para pagar a todos… inventaram a shitcoin MCASH. Tome nota disso!

Conferência da fraude shitcoin MCASH

Após a inauguração da farm de mineração MINERTECH no Paraguai que diziam ser da MINERWORLD… mas… afinal não é, segundo várias denúncias, o evento de lançamento da MCASH em Zurique, na Suíça… foi a estratégia seguinte.

Não é preciso você ser um GURU, para entender porque optaram ir para Zurique (Suíça), para apresentar a shitcoin MCASH. O golpe não é conhecido no país, a probabilidade de existir vítimas a pedir o dinheiro de volta é baixa e podem inventar que existe muito interesse mundial… quando é na verdade um golpe brasileiro.

Abaixo você pode assistir ao evento de Zurique (Suíça) completo. Não fique espantado.

Para parecer que as coisas vão mudar, inventaram uma série de nomes. Desde MINERLAB, MINERCHAIN, MINERCOMMERCE, MINERPAY, MINERCARD, MINERID, MINERSOCIALTECH, MINERACADEMY, MINERSCHOOL, MINERTRADER, MINERHOST e MINERCYBERSECURITY.

Finalmente foi divulgado o whitepaper da shitcoin MCASH… mas… não diz nada em concreto. Se você entende de criptomoedas… vai chegar à conclusão que é uma shitcoin inútil, usada apenas para não pagar o saldo a quem levou golpe da MINER…. por isso… nunca vai ser listada no BITOFERTAS (da MINERWORLD).

Whitepaper da shitcoin mcash

O único propósito da MCASH é não pagar o saldo virtual da MINERWORLD. Não existe outro propósito ou objetivo real.

Criar uma shitcoin igual à MCASH é fácil. No Youtube você pode encontrar vários vídeos que ensinam como fazer. Também é fácil de ter um site que mostre todas as transações igual ao explorer.minerchain.io. Na realidade… estão usando o script Abe search. Se você buscar por “abe search” aparece várias criptomoedas usando o mesmo script.

MINERCHAIN é o script ABE SEARCH

Não foi falta de aviso que isto ia acontecer. A MINERWORLD é uma fraude. Por essa razão, você não encontra provas da mineração de bitcoins de 2016 ou 2017… embora tenham partilhado desde o início a mentira que conseguiam pagar 100% de retorno, porque estavam fazendo mineração.  Aliás… a única informação que partilharam foram 2 blocos, que são provas forjadas que no passado foram usadas em outros golpes.

A juntar a tudo isso, antes da PIRÂMIDE quebrar em novembro 2017 e não conseguir mais pagar o saldo virtual, inventaram a mentira que tinham autorização da Comissão Nacional de Valores do Paraguai (CNV) e… como a mentira foi descoberta… acabaram por inventar uma desculpa.

Estas coisas só acontecem com ESQUEMAS PONZI e ESQUEMAS EM PIRÂMIDE. É importante que você seja avisado, porque negócios sérios não fazem isto.

Não seja mais um OTÁRIO!