Ministério Público acusou 29 arguidos na FRAUDE GETASY. Denuncie!

Publicado a 19 Junho 2018

150 Portugueses apresentaram queixa contra fraude GETEASYO Ministério Público (de Portugal) acusou 29 arguidos e 4 empresas fachada, responsáveis pela fraude GETEASY. Fraude prometia retorno até 333% e usava geolocalizadores como fachada. Se você foi um dos OTÁRIOS, denuncie o golpe. ALERTA!

Desde o primeiro dia…. a GETEASY sempre foi uma FRAUDE.

Os geolocalizadores eram apenas uma farsa. O esquema estava muito bem montado, para enganar quem não entende nada sobre o que é marketing multinível e o que é uma fraude. No MMN você só ganha se vender, dinheiro não cai do céu!

Os verdadeiros donos da fraude, usaram LARANJAS (testas de ferro) para… no fim da fraude GETEASY, poderem viver com o dinheiro roubado aos OTÁRIOS.

A 3 janeiro 2014 publicamos a análise à fraude GETEASY, informamos que a GETEASY é uma fraude e você não deveria investir. Recebemos muitas mensagens, sobretudo de PIRAMIDEIROS ou de OTÁRIOS desesperados nos ameaçando e dizendo que estávamos errados. Pelos vistos…. NÃO!

Se você investiu na GETEASY e perdeu dinheiro, denuncie o golpe. Não tenha medo. Caso contrário, você será tão culpado, como os verdadeiros donos do golpe… porque continuam criando novas fraudes… por sua causa.

Lembre-se! Somos GURUS em ESQUEMAS EM PIRÂMIDE e ESQUEMAS PONZI.  Nenhum ESQUEMA PONZI ou ESQUEMA EM PIRÂMIDE pode nos processar. Estamos dizendo a verdade. Não precisamos de mentir ou de fake news!

Como a maior parte dos OTÁRIOS da GETEASY não denunciou a fraude por medo ou vergonha, cerca de 99% dos PIRAMIDEIROS hoje está em outras fraudes, a enganar novos OTÁRIOS e… nunca vai parar.

Leia a verdade e PARTILHE. Não podem enganar mais OTÁRIOS!

Novidades no caso FRAUDE GETEASY em Portugal

O Observador publicou a 14 junho 2018 uma notícia onde que dos 2 mil portugueses enganados apenas 150 apresentaram queixa e o Ministério Público acusou 29 arguidos e 4 empresas de crimes de branqueamento de capitais, burla qualificada e recebimento não autorizado de depósitos. Pelas contas da fraude passaram 37 milhões de euros.

Desde o início tudo foi uma farsa montada, por FARAÓS com muita experiência. O evento da Paris Hilton… onde o preço do bilhete da GETEASY era mais caro, do que se fosse comprado à porta da Discoteca, foi usado para dar credibilidade ao ESQUEMA EM PIRÂMIDE.

Mas… não foi só esse evento da Paris Hilton que foi usado para atrair novas vítimas.

Também se aproveitaram da credibilidade do Rock in Rio, para parecer tudo legítimo. O negócio fachada dos geolocalizadores, o falso contrato bilionário a falsa fábrica de baterias para automóveis elétricos com uma autonomia de 800kmou o falso evento de “vendas” no MEO ARENA, também foram outras farsas usadas.

Finalmente… a acusação do Departamento Central de Investigação e Ação Penal chegou até um dos principais responsáveis da fraude GETEASY. Leia atentamente esta parte da notícia disponível no site observador.pt:

A empresa, que prometia 300% de lucros ao ano, não passava afinal de um esquema “importado” do Brasil pelo principal arguido, Luiz Ribeiro Pinto — que já estava a ser investigado no Brasil por causa da empresa BBom –, segundo a acusação do Departamento Central de Investigação e Ação Penal.

O arguido valeu-se da ajuda de cúmplices que tinha no Brasil e arranjou parceiros em, pelo menos, quatro empresas portuguesas.

Durante todo o tempo da fraude GETEASY recebemos denúncias e provas que referem Luiz Francisco Ribeiro Pinto como o sócio oculto. Nos tempos da fraude GETEASY, apareceu como CCO da PLEIMO e também dava as típicas palestras de motivação usando o seu projeto The Rainmakers.

Luiz Francisco era apresentado na fraude GETEASY como CCO da PLEIMO e Palestrante

A boa notícia, é que outras pessoas também sabem. A maior parte das denúncias que recebemos foi do Brasil, onde é conhecido, mas em Portugal foi exposto na altura da GETEASY e os principais PIRAMIDEIROS sabem. Encontramos um post de setembro 2014 que revelava… o que aconteceu. Não é uma cena do filme “Back to the future“!

Post num fórum revela a verdade sobre a GETEASY e Luiz Francisco Ribeiro Pinto

Também encontramos o seu nome nos Papéis do Panamá, na empresa fachada GLOBAL FUTURE INDUSTRIES GROUP S.A. Essa empresa na altura tinha como donos TIAGO FONTOURA MIRANDA, LUIZ FRANCISCO RIBEIRO PINTO, ALINE RIZATO RIGUETTI e a fundação fachada SKY LIMIT FOUNDATION.

Após o fim da fraude apareceu como parceiro / sócio oculto de outras duas fraudes, que se disfarçavam de Marketing Multinível para recrutar OTÁRIOS e prometer lucros irreais.

Um dos ESQUEMAS EM PIRÂMIDE, foi a REVOLUTYON… que não existe mais. Chegaram a divulgar a morada do escritório… que ficava no centro da cidade de Lisboa (Portugal). Também se apresentava como dono da empresa THE BRIGHT LEGACY… que não existe mais. O esquema não teve muito sucesso.

Luiz Francisco na TAGPOINT

Vários meses depois… apareceu no fim da PIRÂMIDE SEVEN OPPORTUNITY / início da REACH SEVEN. A REACH SEVEN foi o novo esquema montado para não pagar o saldo virtual da PIRÂMIDE SEVEN OPPORTUNITY e não serem processados pelas vítimas.

Novos produtos fachada da fraude SEVEN OPPORTUNITY

A denúncia anónima revelou alguns detalhes importantes sobre a foto:

…temos o Adriano Azevedo laranja da Seven, César Augusto Santos Pereira (o financeiro do Luiz Francisco é quem sabe onde está todo dinheiro roubado nos golpes do Luiz Francisco, incluindo a GetEasy) depois vem o Thiago Duarte que é o sócio oculto da Seven, depois o Luiz Fransico que é o mentor intelectual da quadrilha Seven, depois na ponta o falso procurador e estelionatário Filipe

Não caia na mentira que o “cara” é um GURU em Marketing Multinível. Da boca para fora, qualquer pessoa diz o que quer e pode criar títulos de fantasia. A verdade não engana. Se nós acertamos que a GETEASY é uma fraude e foi umas das nossas primeiras análises, imagine um “cara” que se auto-intitula de GURU do MMN e nestes últimos anos apareceu em várias fraudes.

Você não acredita?

Ao visitar o site jubrasil.com.br... que publica o andamento de vários processos, você pode encontrar vários processos onde aparece Luiz Francisco Ribeiro Pinto, a sua mulher, a sua irmã, a sua mãe e várias empresas usadas. Uma das últimas atualizações foi um Habeas Corpus… para tentar travar um processo contra a BBOM (EMBRASYSTEM)… mas foi negado.

Atualização do site jusbrasil.com.br sobre um processo em andamento sobre a EMBRASYSTEM, empresa fachada da fraude BBOM

Voltando ao assunto principal… a GETEASY…

A Pleimo foi fundamental para a fraude GETEASY aparecer no Rock in Rio 2014, dar ainda mais credibilidade ao ESQUEMA EM PIRÂMIDE e à fachada do negócio do comodato que nunca existiu.

De acordo com uma denúncia antiga, a PLEIMO foi a empresa que Manoel Almeida e Luiz Francisco usaram para conseguir a primeira licença de cartões pré-pagos para a PIRÂMIDE, já que a PLEIMO era até então um negócio legítimo e usava os tais cartões para pagar os artistas. Claro que… no caso da GETEASY, os cartões pré-pagos foram para distribuir entre os PIRAMIDEIROS.

Embora a notícia do Observador não divulgue, na lista de arguidos também deverá aparecer Tiago Fontoura, Pedro Mira Godinho, Fernando Aragão e Edgar Fontoura. O negócio da PIRÂMIDE foi tão bom que… simplesmente desapareceram.

Lista dos caloteiros Geteasy

Tiago Fontoura e Edgar Fontoura não podem aparecer, porque estão presos na Tunísia. Foram presos quando chegaram à Tunísia para recrutar novos OTÁRIOS para a fraude GO2UPa nova fraude que nasceu da IGETMANIA, que nasceu da GETEASY.

Em setembro 2014 a fraude GETEASY parou de pagar e começaram as mentiras. Todo este tempo estiveram usando o dinheiro dos novos OTÁRIOS para pagar aos donos, LARANJAS, PIRAMIDEIROS e a alguns OTÁRIOS mais antigos.

Quando chegou o fim da fraude GETEASY, os LARANJAS fugiram de Portugal. Segundo várias conversas a que tivemos acesso, os LARANJAS entravam e saíam de Portugal pela fronteira… onde praticamente não existe controlo.

Para continuar a iludir os OTÁRIOS e nunca pagar, depois do fim da GETEASY lançaram a IGETMANIA… que foi um fracasso. Inventaram problemas, para mais tarde Tiago Fontoura criar a fraude GO2UP e António Loios a VIC.

As fraudes GO2UP e a VIC rebentaram pouco tempo depois.

Fixe bem a cara dos FARAÓS e PIRAMIDEIROS, porque eles sempre voltam para um novo ESQUEMA EM PIRÂMIDE ou ESQUEMA PONZI. O dinheiro não dura para sempre. Você não pode facilitar.

Não seja mais OTÁRIO!