Como evitar fraudes na gestão de dívidas

Publicado a 6 Dezembro 2012

Saiba como evitar fraudes financeiras nos principais programas de gestão de dívidas. Quando contratar um serviço para controlar o dinheiro em dívida saiba o que tem a pagar. Evite ter que pagar fortunas.

As empresas financeiras que fazem a gestão de dívidas normalmente cobra uma quantidade do dinheiro que paga, como um honorário, por encarregar-se de administrar e negociar o dinheiro em dívida, além de um pagamento mensal, que depende do capital total que está a dever a diversos credores.

Este processo pode levar vários anos, dependendo de vários fatores, como a quantidade de dinheiro que você deve aos credores e também a sua capacidade financeira. Na maior parte dos casos, recorrer a estas empresas vai lhe custar muito dinheiro, já que os juros e taxas continuam a aumentar devido aos pagamentos atrasados, sem contar que o montante em dívida vai aumentar também. Se um credor pedir que tenha mais capacidade financeira para pagar, você poderá entrar em problemas e ficar numa situação de falência ou incumprimento.

Para evitar esses problemas, deve ser muito criterioso em escolher uma empresa de gestão de dívidas, já que elas normalmente não revelam como funciona o programa de gestão de dívidas, fazendo com que o cliente acabe por pagar uma pequena fortuna pelos seus serviços. Por isso, fique longe ou contrate apenas em caso de necessidade extrema.