Duas “Líderes” TelexFREE Madeira fogem da Polícia de Jersey

Publicado a 27 Fevereiro 2014

A novela TelexFREE está a ficar cada vez pior. Agora a Polícia de Jersey está a investigar esta FRAUDE e está procurando por duas “líderes” da TelexFREE Madeira!

2014 vai ser sem dúvidas o ano em que rebenta a bolha TelexFREE. O ano começou com a notícia da RTP Madeira sobre a TelexFREE na ilha, onde mostra vários “divulgadores” a dizerem que este esquema em pirâmide está a permitir realizar sonhos, mas o que é mais engraçado, é que todos eles escondem a cara. Se é uma coisa assim tão boa, porque é que escondem a cara? Afinal, se conseguirem recrutar mais algum parvo – quer dizer novo “investidor” –  sempre ganham 100 dólares!

Agora que na Ilha da Madeira este esquema já está saturado demais e já não entra mais ninguém, porque quem quer entrar já entrou e neste momento só quem não está dentro são aquelas pessoas que sabem que isto é uma FRAUDE, por isso, os team leaders da TelexFREE na Madeira estão procurando por novas vítimas.

O mês de fevereiro de 2014 começou com vários team leaders da TelexFREE Madeira a visitar Portugal Continental à procura de novas vítimas. Basta ver nas páginas do Facebook identificadas por “Telexfree Portugal”, “Telexfree Lisboa” e de outras cidades, para ver como são várias as palestras que foram dadas e estão a ser programadas em Hotéis localizados na cidade de Lisboa, Porto, Coimbra, Leiria. Eles estão a dar palestras nas principais cidades portuguesas à procura de novas vítimas para cair no esquema.

Como este esquema já está a acabar, os líderes da TelexFREE Madeira parecem “ratos” e andam loucos à procura da próxima vítima. Como o território nacional já está praticamente coberto por vários líderes deste esquema em pirâmide, a alternativa para encontrar ainda mais gente mal informada sobre esta FRAUDE é nas comunidades de madeirensesonde além de não estarem informadas desta fraude também são fáceis de enganar e quando ouvem falar em dinheiro acreditam em tudo.

Segundo o Diário de Notícias da Madeira, na notícia “Polícia de Jersey denuncia “embuste” na comunidade madeirense“, a Polícia de Guernsey e a Polícia de Jersey já foram informadas deste esquema em pirâmide e estão a receber várias informações de pessoas que “investiram” neste esquema ou foram aliciados a entrar, com a promessa de grandes retornos.

Mas ainda tem mais, segundo um madeirense residente na Ilha de Jersey, na notícia do Diário de Notícias faltou mencionar os seguintes pontos (importantes), que mostram como a Polícia em Portugal e na Ilha da Madeira devia mexer-se, antes de ser tarde demais:

  1. Duas “líderes” da TelexFREE Madeira tinham marcado para chegar a Jersey à procura de mais parvos, quer dizer, novos “investidores” para embarcar nesta fraude, no sábado (dia 22/02/2014) e tinham reunião no café “Spingfield Stadium”.
  2. A Polícia de Jersey soube desta reunião, porque várias pessoas envolvidas colocaram na sua página do Facebook que elas iam ao café à procura de novos “investidores”.
  3. As ditas “líderes” não apareceram no aeroporto de Jersey, onde a Polícia de Jersey ansiosamente as esperava, com o intuito de fazer algumas perguntas sobre a TelexFREE e porque estavam à procura de investidores para este esquema, que não se encontra registado na Inglaterra – nem possui sede. O que é mais engraçado é que, se o esquema é legal e não é uma FRAUDE, porque é que fugiram da polícia? É tão simples! Os próprios team leaders ou líderes de equipas, sabem que isto é uma FRAUDE e por isso, estão a fazer tudo contra o tempo, de forma a ganhar o máximo de dinheiro ao enganar as pessoas, porque isto não vai demorar muito tempo. Cerca de 80% dos que estão dentro vão levar com os prejuízos.