Bônus b2c é uma FRAUDE – ALERTA!

Publicado a 31 Outubro 2015

Fraude Bônus b2c Não seja o próximo otário a cair na fraude Bônus b2c. Mantenha-se longe deste esquema em pirâmide, têm ligações ao golpe BlastWin. Isto é o Golpe das cotas dos 300%. CUIDADO!

A Bônus b2c é uma fraude. Não é preciso ser um guru em finanças ou ter um curso superior para chegar a essa conclusão! Analisamos ao pormenor este negócio duvidoso e não encontramos nenhum outro indício, além de pirâmide financeira.

Cuidado. Isto não é marketing multinível!

O produto, isto é, os hotsites, são um produto de fachada para disfarçar o golpe. Ninguém fala ou usa! Simplesmente só existe para justificar o retorno de 300% em cotas e os bónus insustentáveis.

Tenha muito cuidado. Quando rebentar a probabilidade de conseguir recuperar o dinheiro no backoffice é de 0,00001%. O Pai Natal não existe!!

Análise fraude Bônus b2c

A B2C ou Bônus b2c, é comum usarem os dois nomes, é uma esquema em pirâmide, que funciona usando o golpe das cotas e existem vários indícios que pertence aos mesmos donos do golpe BlastWin. Leia no fundo do artigo tudo o que descobrimos.

Aqui afirmam que o dinheiro pago nas cotas vem dos lucros, mas como não existe um negócio real e sustentável por detrás, é muito fácil de saber que esse dinheiro vem da entrada de novos otários.

Lembre-se! Dinheiro virtual no backoffice é igual a 0 reais. Não vale nada.

Os hotsites são um produto de fachada. Ninguém os usa. Só falam em dinheiro, dinheiro e mais dinheiro. Já sabemos bem, assim como você, onde isto vai acabar!

No site não existe nenhuma informação sobre quem são os donos. Só aparece os cúmplices da fraude: Loris Artiaga (Brasileira), Pedro Doti (Português) e Vanessa Perlin (Brasileira). Tenha muito cuidado com esses chico-espertos!

Testas-de-ferro da fraude Bónus b2c: Loris Artiaga (Brasileira), Pedro Doti (Português) e Vanessa Perlin (Brasileira)

Testas-de-ferro da fraude Bónus b2c.

Sabendo que estão operando uma fraude multinível, registaram a empresa fantasma “B2C LDA” no paraíso fiscal da Costa Rica, com o endereço “Cedar Hill Crest, Edificio Villa, San Jose, 19711 – Costa Rica“. Assim, podem aliciar otários durante algum tempo… até rebentar o esquema.

Durante a nossa investigação chegamos até ao CNPJ de um dos responsáveis pelo golpe. Voltamos a lembrar! Ter uma empresa registada não quer dizer que seja um negócio seguro. Isso é o argumento usado pelos piramideiros!

Para receber dinheiro na conta bancária no Brasil, usam a conta da BW Brasil, uma empresa com o CNPJ 217666313000125, aberta a 27/01/2015. O CNPJ pode ser consultado aqui.

Recebemos denúncias que esta empresa também foi usada pelo golpe BlastWin. Talvez por isso é BW Brasil!

Estes são os dados:

Dados da Receita Federal do Brasil para a empresa BW Brasil

Essa empresa pertence a Wesllem Santos Lima.

O domínio bonusb2c.com foi registado a 26 junho 2015 e usa WHOIS privado para que não se saiba quem os donos.

WHOIS do domínio bonusb2c.com

WHOIS do domínio bonusb2c.com

O primeiro vídeo da B2C foi publicado no YouTube a 3 julho 2015, no entanto esta fraude só começou a aliciar muitos otários mais tarde.

Primeiro vídeo da fraude Bônus b2c

De acordo com o gráfico do Alexa, só em setembro 2015 é começou a crescer. Numa altura em que não existe nenhum pirâmide popular, como aconteceu nos tempos da TelexFree e Geteasy, é normal ver OTÁRIOS a participar em qualquer porcaria.

Gráfico Alexa para o site bonusb2c.com

Para participar neste esquema Ponzi disfarçado de marketing multinível estão disponíveis os seguintes pacotes:

  • PrataCusta R$100 e inclui 1 cota
  • GoldCusta R$200 e inclui 2 cotas
  • DiamanteCusta R$400 e inclui 4 cotas
  • PremiumCusta R$1.000 e inclui 10 cotas
  • SêniorCusta R$2.000 e inclui 20 cotas
  • ExecutivoCusta R$4.000 e inclui 40 cotas

É obrigatório pagar uma mensalidade, isto é, outra forma inventada pelo golpe para extorquir dinheiro:

  • Prata – R$40
  • Gold – R$60
  • Diamante – R$80
  • Premium – R$100
  • Sênior – R$200
  • Executivo – R$400

Por cada otário que pagar a mensalidade, quem recrutou o otário para o golpe ganha isto:

  • Prata – R$2
  • Gold – R$4
  • Diamante – R$5
  • Premium – R$7
  • Sênior – R$10
  • Executivo – R$20

Como noutras fraudes disfarçadas de marketing multinível, existe também o bónus de indicação direta:

  • Prata – R$10
  • Gold – R$20
  • Diamante – R$40
  • Premium – R$100
  • Sênior – R$200
  • Executivo – R$400

A cada pacote de participação, estão associados os seguintes bónus para parecer que isto é uma coisa séria e um negócio lucrativo:

  1. Bónus indicação direta
  2. Bónus global
  3. Bónus residual do global
  4. Bónus profundidade
  5. Bónus mensalidade
  6. Bónus felicidade
  7. Bónus ideia premiada

É bónus atrás de bónus, que revela o golpe!

A nossa investigação encontrou ligações entre a Bônus b2c e BlastWin

A nossa experiência em fraudes diz-nos que quem cria este tipo de golpes, já há muito tempo anda nesta vida de enganar pessoas com lucros astronómicos.

Chegamos até a informações que indicam que, os mesmos chico-espertos da BlastWin estão por detrás da Bônus B2C. Não dão a cara porque deram o golpe antes e ia se tornar mais do que evidente. Usam praticamente a mesma estratégia. Agora… têm “testas-de-ferro” ou “laranjas” que dão a cara!

Estes são alguns dos indícios que comprovam a ligação entre os dois golpes:

  • Empresa fantasma registada no paraíso fiscal Costa Rica. O endereço e a empresa fantasma são diferentes, mas como viram que nada aconteceu ao dar o golpe com uma empresa montada na Costa Rica, decidiram usar a mesma estratégia.
  • Mesmo backoffice. Alteraram o design para parecer diferente.
  • Mesma empresa amadora de cartões pré-pagos. Usam a Infinitypay.net (e paywithq.com), que é na verdade um site de um cúmplice para conseguir o cartão pré-pago. O cartão pré-pago é apenas uma maneira de atrasar o pedido de saque e onde só alguns vão receber.
  • Mesma empresa que recebe o dinheiro no Brasil. A BW Brasil é a ligação entre ambos os golpes.
  • Obrigatório vouchers para entrar. Para participar em ambos os golpes é necessário ter um voucher. Não basta encontrar um piramideiro.

Existe um vídeo a circular na Internet que revela a ligação entre ambos os golpes.

Normalmente, perto do fim do esquema prometem cartões e outras coisas fantásticas, mas nada disso consegue salvar o esquema de rebentar.

Desde setembro 2015, prometem o cartão pré-pago:

Promessa de cartão pré-pago

Num vídeo publicado a 20 outubro 2015 mostraram o mesmo cartão pré-pago usado na BlastWin, da Infinitypay.net (e paywithq.com), o site de um cúmplice destes chico-espertos usado para consegui cartões pré-pagos em todos os seus golpes.

Cartão Pré-pago usado para garantir que otários B2C vão alguma vez conseguir retirar o dinheiro.

Cartão Pré-pago usado para garantir que otários B2C vão alguma vez conseguir retirar o dinheiro.

Para que não fique dúvidas, publicamos algumas fotos de Willian Gil, um piramideiro nato que deu golpe na LibertaGia, Alive Matrix e noutras pirâmides, com fotos mostrando o cartão pré-pago da BlastWin, a fraude (que rebentou) dos mesmos donos da Bônus b2c.

Tente descobrir diferenças nos cartões pré-pagos mostrados acima (↑) e abaixo (↓)!

Willian Gil, piramideiro nato, com o cartão pré-pago usado no esquema BlastWin

É apenas um pedaço de plástico, que serve para que os otários acreditem que vão receber o dinheiro.

Cartões Pré-pagos MasterCard usados para dar credbilidade a vários esquemas.

Bom para enganar otários! Eles têm centenas de cartões guardados.

Esses cartões da infinitypay.net (e paywithq.com) também foram usados no fim de vida do golpe Alive Matrix:. Quem estava por detrás dessa? O mesmo piramideiro Willian.

Fraude Alive Matrix usou cartões Infinitypay.net

Pelos vistos, o cartão veio quando o golpe Alive Matrix rebentou. Se no dia 6 junho 2015 fez 6 meses, então quer dizer que a 6 janeiro já tinha colapsado. Mais um pedaço de plástico!

Fim da fraude Alive Matrix

Se mesmo depois de ler isto tudo você quiser investir na Bônus b2c e perder dinheiro, depois não diga que não foi avisado. Isto não é a primeira e nem será a última pirâmide a mostrar cartões e no fim ninguém conseguir sacar dinheiro. iFreex, DFRF, Geteasy, Paymony usaram a mesma estratégia…

Boa sorte!