Wings Network tem que DEVOLVER $26.9 milhões dólares

Publicado a 16 Novembro 2015

Fraude Wings NetworkAs autoridades dos EUA têm novidades acerca da fraude multinível Wings Network. Esquema em pirâmide era apresentado como marketing multinível. Enganou várias pessoas!

A Wings Network era uma fraude disfarçada de marketing multinível, com serviços cloud como produto de fachada. Era o típico esquema em pirâmide que prometia dinheiro fácil e não existiam clientes reais!

Os afiliados eram obrigados a investir entre $249 a $1.499, com a promessa de ganhar dinheiro todos os meses. Quanto mais recrutassem, mais ganhavam!

Foi lançada em novembro 2013, mas os problemas para a Wings Network começaram a meio de 2014.

Prometeram cartões pré-pagos com fotos retiradas da Internet, a licença da empresa fachada Tropikgadget foi cancelada na Zona Franca da Madeira e, finalmente, a Wings Network foi acusada de Esquema em Pirâmide!

Depois da acusação não se ouviu falar mais da Wings Network. No início prometeram suspender as operações nos EUA, mas foi geral…

Sabiam que estavam a dar golpe e, para não piorar… desapareceram.

Em outubro 2014 o estado do Nevada publicou a sua própria advertência à Wings Network, com a SEC a entrar com um processo em fevereiro 2015.

A 14 novembro 2015, a SEC concluiu a ação, com a Wings Network a ser condenada a devolver cerca de $26.9 milhões de dólares.

A ação judicial da SEC de $23.5 milhões de dólares foi apresentada contra a TropikGadget FZE, que o regulador afirma ser quem estava por detrás da fraude Wings Network.

As empresas CompassWinner Lda e Happy SGPS SA, duas empresas de fachada usadas para “lavagem de dinheiro” no esquema, também foram condenadas, com a acusação da SEC a mencionar o nome de alguns afiliados de topo (que vivem nos EUA e noutros países).

A decisão da corte federal de Massachusetts entregue a 12 novembro, ordena a

Tropikgadget to pay disgorgement of $25,213,990, representing profits gained as a result of the conduct alleged by the Commission, plus prejudgment interest of $961,742, and a third-tier civil penalty of $725,000.

The court also entered judgments by default against Compasswinner LDA (“Compasswinner”) and Happy SGPS SA (“Happy”), also of Portugal, relief defendants in the previously-filed enforcement action.

The judgments held Compasswinner liable for $8,125,235 and Happy liable for $1,102,711, representing the receipt or benefit from the use of the proceeds of violations of the federal securities laws without legitimate claim to the funds.

O ação judicial contra os responsáveis da Wings Network e os principais afiliados continua…

Agora… é esperar para ver!