TelexFree FOI “vendida” como investimento

Publicado a 15 Abril 2014

Durante este tempo todo a TelexFree foi “vendida” como um investimento sem risco e com um retorno anormalmente elevado. Todas essas mentiras ajudaram a recrutar milhares de pessoas!

A TelexFree não foi o primeiro Esquema em Pirâmide disfarçado de empresa de Marketing Multinível, nem vai ser a última empresa, é simplesmente mais uma daquelas pseudo-empresas, que muitas pessoas promoveram e disseram que era possível realizar os sonhos e muitas outras mentiras, que já há muito tempo que estava a desaparecer.

Desde o início que vi logo que a empresa era uma grande fraude multinível, disfarçada de empresa séria de Marketing Multinível, onde os VOIPs e os anúncios diários (na outra galáxia) eram os produtos virtuais usados para garantir um retorno milionário e conseguir disfarçar porque esta pseudo-empresa, que foi criada a 31 de janeiro de 2012, estava a oferecer um retorno ainda mais alto que um banco – a única instituição que lida com dinheiro e que pode oferecer produtos financeiros.

Aqui ficam algumas imagens de como era “vendida” esta fraude, onde os anúncios e o VOIP eram os produtos fantasmas usados para parecer tudo legal, e não mostrar que isto apenas era uma movimentação de dinheiro:

Como os sonhos telexfree fraude eram vendidos

Como os sonhos telexfree fraude eram vendidos

Como os sonhos telexfree fraude eram vendidos

Para “aliciar” mais umas quantas pessoas para o esquema, ficamos a saber que, Paola Zollo Alecci, andou pelo menos desde 31 de janeiro de 2014, a “vender” a TelexFree como um investimento com a garantia de “menor investimento com a maior rentabilidade“. No contrato de divulgadores TelexFree está a dizer que não é permitido dizer que é um investimento e quem fizer isso vai ter a conta fechada. Coisa que não aconteceu com este utilizador. Aqui fica a prova:

Como a líder Top da Ilha da Madeira (Portugal) "vendeu" a fraude no Facebook (fonte: Imagem retirada do perfil de Paola Zollo em http://on.fb.me/1nbtesS)

Como a líder Top da Ilha da Madeira (Portugal) “vendeu” a fraude no Facebook (fonte: Imagem retirada do perfil de Paola Zollo em http://on.fb.me/1nbtesS)

Mesmo depois da Telexfree não cumprir o contrato antigo e obrigar a comprar 5 voips e a ter 2 contas abaixo de si, e comprar 5 voips também, continuaram a aparecer ainda vários “divulgadores” a prometerem sonhos e o retorno do investimento:

Como os sonhos telexfree fraude eram vendidos

Como os sonhos telexfree fraude eram vendidos

Mas ainda tem mais, consegui encontrar um vídeo com o principal “testa de ferro” da Telexfree no Brasil, e que é a imagem da empresa no Facebook, onde existem provas de como até essa personagem vendia esta empresa como investimento e chegou a defender a empresa até ao fim como algo de bom (MENTIRA, claro!):

A Telexfree foi “vendida” durante este tempo todo como um investimento, mas na realidade não podia ser “vendida”. No contrato está bem explícito que, quem vender esta fraude como um investimento, vai ter a sua conta bloqueada, no entanto isso nunca chegou a acontecer.

Esta foi uma das razões porque foi fechada no Brasil e meses mais tarde vários países começaram a investigar esta fraude. Se tivessem continuado com a fachada de “Trabalhar Online” esta empresa tinha sobrevivido mais alguns dias. Mas, no fim, esta fraude iria rebentar de uma maneira ou de outra. No Brasil foi bloqueada pela justiça e nos EUA rebentou e não tem mais dinheiro para pagar. É simples!