Grupo Paymony Madeira esconde VERDADE – CUIDADO!

Publicado a 24 Junho 2014

Tenha cuidado com todas as mentiras que o Grupo Paymony Madeira está a passar. Estão a esconder a verdade sobre esta fraude multinível!

EXPLODIU!! Essa era a palavra usada por muitos dos otários ( = líderes) que estavam dentro desta fraude multinível, para conseguirem aliciar mais vítimas a entrar. Tudo parecia estar a correr bem… até que rebentou. Pelos vistos, a fraude Paymony explodiu mesmo e desapareceu com o dinheiro de todos os “mineradores”. Mas… existem vários líderes que ganharam muito dinheiro a aliciar vítimas para este Esquema em Pirâmide e, a esta altura estão a se fazer de vítimas para que os seus afiliados tenham pena.

Nestas fraudes é enganado quem quer.

As pessoas acreditaram que esta fraude era um “investimento”, “negócio rentável”, “bitcoin” ou “minerar moeda”. Afinal… era um FRAUDE!

Será que não é mais rentável minerar e-mony? Antes de mais, é importante referir que, o e-mony não existe, não tem valor e nunca foi minerado pelo programa CMR da Paymony. Basta ver que até criaram o site coinscotation.com e colocaram 1 e-mony = 100 dólares. Agora, que esta fraude rebentou, de um dia para o outro, 1 e-mony passou de 100 dólares para 0 dólares. Durante este tempo todo, o PC dos “mineradores” só esteve a passar os números do Backoffice. O programa de mineração era uma fachada para toda esta fraude multinível onde muitos caíram e perderam dinheiro.

Depois de muitos habitantes da Ilha Madeira terem caído na fraude TelexFree, com a história do VOIP e dos anúncios na outra galáxia… e de rebentar. Eis que apareceu uma nova fraude, a Paymony. Esta ilha é sem dúvidas um paraíso para fraudes. É fácil de encontrar pessoas dispostas a colocar o dinheiro que têm e não têm para se dar bem à custa de outros.

Muitas das pessoas que estão no Grupo Paymony Madeira (facebook.com/groups/226313874236649/ e facebook.com/paymonymadeira1), inclusive os aldrabões que promovem este esquema na ilha e dão a cara pelo “grupo”, já foram antigos “divulgadores” TelexFree. Basta aceder ao perfil de cada um deles no Facebook, para saber o que faziam antes de começarem a promover esta fraude. Gostam mesmo de enganar as pessoas menos atentas ao dizer que esta fraude é Marketing Multinível e uma coisa revolucionária. É assim tão revolucionária que nem durou 6 meses e já rebentou!

Para alertar todos os que estão registados no Grupo Paymony Madeira no Facebook, em facebook.com/groups/226313874236649/, sobre esta fraude onde o e-mony não existe e não vale nada, publiquei um comentário numa publicação recente. Eis que… 3 minutos depois já estava bloqueado do Grupo Paymony na Madeira. Ainda deu tempo para tirar um printscreen à página. Realmente, estão com medo da verdade?

Grupo Paymony Madeira está com medo que as vítimas descubram a verdade

No Grupo Paymony Madeira colocaram a seguinte imagem no topo, para iludir várias pessoas com a ideia de minerar uma moeda (que não existe) e ficar rico:

Imagem do Grupo Paymony Madeira mostra imagem "Vamos Minerar e Ficar ricos?"

Para parecer tudo tão bom, dois afiliados desta fraude (Miguel e Jota) até chegaram a inaugurar um escritório no Funchal no dia 21 de abril de 2014. Segundo várias informações, esse escritório foi criado pelo Grupo Líder Multinível (facebook.com/GrupoLiderMultinivel). Pena é que, 2 meses depois esse escritório é mais que inútil. Já não conseguem recrutar mais vítimas para esta fraude, para minerar atualizar números no Backoffice e o mais certo é que fechem o escritório ou comecem a promover uma nova fraude.

Além do escritório, ainda chegaram a pagar por publicidade na Revista Saber, uma revista da atualidade social da ilha da Madeira, onde publicaram diversas mentiras, para fazer com que os leitores dessa revista acreditem que a moeda virtual e-mony existe. Aqui fica a capa:

Capa da Revista Saber com a Fraude Paymony na Madeira

Vamos continuar a minerar uma moeda virtual que não existe?