Geolocalizadores eram o “NEGÓCIO DE FACHADA” da Geteasy

Publicado a 10 Março 2015

fraude GeteasyOs Geolocalizadores eram o negócio de fachada da Geteasy. Nunca existiram clientes reais. Produto foi usado disfarçar o Esquema em Pirâmide!

A esta altura já está mais que visível que os pacotes de investimento gettracker, getcoin ou getmusic serviram para disfarçar o esquema. Os geolocalizadores foram o produto fachada principal deste esquema. Foram usados desde o início ao fim do golpe Geteasy, para tentarem justificar o retorno de +200% anual. Nunca existiram clientes reais e o contrato bilionário era treta!

Os geolocalizadores disponíveis no pacote gettracker eram geolocalizadores de duas empresas, da GoSafe e Queclink. Geteasy não fabricava e não tinha qualquer acordo com essas empresas. Eram um simples comprador!

O esquema funcionava desta forma:

  1. Geteasy comprava vários geolocalizadores.
  2. Recebia os geolocalizadores no escritório em Lisboa.
  3. Eram trocados de caixa, para a caixa gettracker, para parecer que eram geolocalizadores produzidos pelo esquema ou eram exclusivos.
  4. Na nova caixa, os geolocalizadores eram entregues aos membros do esquema.

Existem várias vítimas Geteasy que nunca chegaram a receber os geolocalizadores, além de nunca terem comodatado o produto. Sem falar que, depois de adquirido o pacote de investimento Gettracker, o geolocalizador não era logo entregue. Era necessário esperar bastante tempo…

Pedro Mira Godinho, Diretor de Marketing da Geteasy e guru em fraudes multinível, mostra os geolocalizadores ainda na caixa original

Pedro Mira Godinho, Diretor de Marketing da Geteasy e guru em fraudes multinível, mostra os geolocalizadores ainda na caixa original

Abaixo está o vídeo da prova! Pedro Mira Godinho, o Diretor de Marketing Geteasy e guru em fraudes multinível, apresentou o escritório da Geteasy para dar reputação ao golpe. Ele mostrou isto, mas não pensou que fosse usado para denunciar o golpe.

Este golpe acabou mal mas, mesmo assim os chico-espertos não param. António Loios criou a VIC e Tiago Fontoura criou a Go2UP, com a ajuda de Dom João I (Igreja Ortodoxa), Pedro Mira Godinho, Edgar Fontoura e os seus amiguinhos…