DFRF Enterprises é uma FRAUDE – ALERTA!

Publicado a 7 Março 2015

DFRF EnterprisesA DFRF Enterprises é uma fraude financeira. 1000 dólares NUNCA VÃO virar mais de 3 milhões de dólares em 5 anos. CUIDADO!

Não existem dúvidas que a DFRF Enterprises é um Esquema Ponzi. Aqui, os antigos investidores recebem o dinheiro das novas vítimas no esquema, porque não existe nenhum negócio real por detrás. É só dinheiro de novos membros a entrar!

Daniel Fernandes Rojo Filho criou a 15 abril 2013 a DFRF Enterprises LLC, empresa que usa as iniciais do seu nome e promete um retorno até 15% todos os meses, conta com um cartão VISA pré-pago da smartOne (dos EUA), parceria com um Banco fantasma na Suíça e uma companhia de seguros no Reino Unido que usa uma caixa de correio numa morada prestigiada. Esta é a verdade do golpe criado por um chico-esperto que tem ligações ao Cartel da Sinaloa e experiência em Esquemas em Pirâmide/Ponzi.

Como não existe um negócio real por detrás, não existe mineração de ouro ou venda de ouro, os afiliados têm que usar a promessa de retorno para recrutar novas vítimas. Falam num retorno até 15% ao mês, retorno até 535% ao ano ou 1000 dólares que viram 3.377.470,76 em 5 anos. VALE TUDO!! Aqui ficam as provas:

Promessa de retorno até 15% mês

Promessa de retorno até 15% mês

e

Simulação do retorno prometido ao fim de 5 anos - Burlões dizem que 1000 dólares vão virar mais de 3 milhões de dólares

Simulação do retorno prometido ao fim de 5 anos – Burlões dizem que 1000 dólares vão virar mais de 3 milhões de dólares

Além da promessa de retorno garantido por uma companhia de seguros que ninguém conhece e dizem que é a maior seguradora do Reino Unido, também dizem outras mentiras:

Mentiras partilhadas por um Membro DFRF para recrutar novas vítimas

Mentiras partilhadas por um Membro DFRF para recrutar novas vítimas

Com a promessa de um retorno anormalmente elevado como este, é certo que vai rebentar nos próximos meses. Qualquer investidor com experiência sabe disso. Por isso, quando rebentar vão inventar 1001 desculpas e vão se fazer de vítimas. O blog das fraudes já publicou a análise à DFRF Enterprises e existe também outro alerta da fraude DFRF que vale a pena ler.

Razões para NÃO INVESTIR na DFRF

  1. Esquema Ponzi – É 100% esquema Ponzi. Novos investidores investem dinheiro no esquema e esse dinheiro é usado para pagar aos antigos investidores. Não existe nenhum negócio real por detrás. Por essa razão, usam um esquema complexo e nunca mostram provas reais.
  2. Banco na Suíça é uma empresa fantasma – O Banco na Suíça é uma empresa fantasma criada na Suíça de propósito para parecer que existe um Banco por detrás a receber o dinheiro. Além de ser usado para dar reputação, quase de propósito deve ser usado para lavagem de dinheiro e branqueamento de capitais. Não é preciso ser muito esperto!
  3. Seguradora Accedium não existe no Reino Unido, é uma morada – A seguradora Accedium no Reino Unido usa uma caixa de correio, que qualquer pessoa pode ter. Basta ir ao site http://www.leo.co.uk/virtual-offices/all/148-leadenhall-st/ e subscrever um plano de escritório virtual. Já o registo nos Barbados, um paraíso fiscal usado por muitas empresas fantasma e burlões, foi criado para no entanto não existe nada que garanta que as apólices de seguro entregues aos membros da DFRF sejam verdadeiras. Na altura de reclamar, como é um paraíso fiscal, as vítimas nunca vão receber o dinheiro.
  4. DFRF Enterprises não tem minas de ouro e não produz ouro – A DFRF não tem minas de ouro no Mali e na Guiné-Bissau. Isso é uma grande mentira partilhada por vários membros deste esquema. Dizem esta mentira porque sabem que essa informação vai ser difícil de confirmar. Se tivessem a explorar minas de ouro, já tinham colocado provas dos contratos e provas. Só cai nesta fraude quem é mesmo tonto.
  5. Daniel Filho tem ligações a um cartel de narcotráfico – Basta procurar por “Daniel Fernandes Rojo Filho” ou “Daniel Filho Drug” para aparecer várias notícias que dão conta que Daniel Filho tem ligações ao cartel de narcotráfico da Sinaloa e tem antecedentes na criação de esquemas fraudulentos.
  6. Esquema criado por brasileiros – Daniel Filho é o principal criador deste golpe e tem como parceiros no esquema vários brasileiros e cubanos.