Como Vender o seu Carro sem Perder Muito Dinheiro

Publicado a 4 Fevereiro 2014

Saiba como conseguir o máximo de dinheiro pelo seu carro, para evitar perder uma pequena fortuna. Siga estes conselhos para vender o seu carro com sucesso!

Comprar carro é dos piores investimentos que você pode fazer, não só porque desde o momento em que sai do stand automóvel com o seu carro novo, já vale muito menos do que pagou, sendo impossível vender o carro pelo mesmo preço que pagou no momento de fechar negócio, mas também porque ao longo dos próximos meses vai continuar a desvalorizar e existem vários custos associados.

Entre os custos que o dono do automóvel tem que suportar, para poder andar legalmente nas estradas portuguesas, como o seguro automóvel, inspeção, selo do carro e a manutenção anual, infelizmente em alguns casos é preciso desembolsar ainda mais dinheiro, no caso de ter tido o azar de ser declarado como o culpado num acidente.

O carro é uma boa ferramenta de trabalho e de lazer, no entanto às vezes é preciso fazer escolhas. Por isso, se você está interessado em vender o seu carro para trocar ou pretende ver-se livre do seu carro porque já não consegue mais pagar todas as despesas e está perto da situação em que tudo parece que vai rebentar, é importante que se mexa rápido e comece a pensar em vendê-lo.

Aqui ficam várias ficas para vender rápido sem perder muito dinheiro:

  • Coloque o seu carro em condições para vender – Dê uma limpeza geral no seu automóvel, aspire-o, lave-o com um sabão automóvel com cera, limpe bem as jantes e deite um produto nos pneus para colocá-los a brilhar. Quando mais limpo e bonito estiver, mais fácil será de encontrar compradores.
  • Pontos importantes para o comprador – Os compradores estão interessados em comprar um automóvel com poucos quilómetros, sem nenhum problema ou acidentes, que tenha potência o carro, não gaste muito combustível, seja confortável e por último, seja mais barato que outros carros iguais.
  • Preço para vender – Antes de vender o seu automóvel, é importante que tenha em conta todos os problemas e pontos fortes, para decidir qual o preço para colocar à venda. Procure em sites de usados para saber qual o preço médio de venda, para um automóvel com as mesmas caraterísticas que o seu. Agora que já tem uma ideia geral, você pode escolher um preço um pouco acima, sabendo que se o seu carro estiver em boas condições e existirem compradores interessados, poderá baixar o preço durante a fase de negociações.
  • Adicionar anúncios – Hoje em dia os anúncios nos diários e jornais não funcionam mais. Aceda a sites de anúncios de carros em segunda mão e adicione o seu automóvel para venda. Coloque anúncios apenas nos sites que são frequentados por pessoas na sua cidade ou perto. Também pode dizer aos seus amigos e familiares que está a vender o carro e pode fazer um preço especial.
  • Dinheiro é Rei – Entre vender o seu carro a um comprador que vai pedir crédito ou a um comprador que tem dinheiro vivo para comprar já e quer um preço melhor, é melhor optar por vender o carro ao comprador que dispõe do dinheiro e não precisa de pedir aprovação ao banco. É preferível perder alguns euros, mas vender já. As oportunidades são poucas, por isso você deve aproveitar, caso contrário o mais certo é que daqui a 3 ou 6 meses tenha que baixar o preço de venda e perca ainda mais dinheiro.