BusinessForHome é PAGO para Publicar Notícias

Publicado a 4 Novembro 2015

Verdade sobre BusinessForHomeO site BusinessForHome.org não é fonte confiável de notícias sobre empresas multinível. Fala em várias fraudes como negócios legais. CUIDADO!

Já desconfiávamos disto!

Ao longo destes anos a denunciar fraudes multinível, nós vimos vários participantes em esquemas em pirâmide ou esquemas Ponzi a usar notícias publicadas no site BusinessForHome, para dar credibilidade ao esquema.

Nós dizemos as coisas como elas são. Não escrevemos mentiras, ao contrário do BusinessForHome. Se a análise é negativa, é porque é! Não podemos fazer nenhum milagre. Não somos cúmplices de fraudes!

Tenha muito cuidado com o que você lê nesse site, porque a maior parte das empresas são autênticas fraudes e… ganham (muito) dinheiro para dizer… bem.

Ficamos chocados com isto…

O site BusinessForHome é gerido pela empresa Direct Selling Global News LTD, uma sociedade limitada das Seychelles registada em Hong Kong que tem como principal localização a Holanda.

Ted Nuyten (abaixo) é o CEO da Direct Selling Global News LTD.

Ted Nuyten, responsável pelo site BusinessForHome

No site BusinessForHome não existe qualquer menção da empresa usada:

The Business For Home.org website is an initiative of Ted Nuyten, CEO and Chairman of the Business For Home Foundation, which is established in year 2007, in the Netherlands under Dutch law and Dini Noorlander, acting as Chief Relations Officer.

De acordo com o site behindmlm.com, a empresa Direct Selling Global News LTD esteve por detrás da fraude BitCoin Economy.

O esquema foi lançado em janeiro 2014 e rebentou rápido. Na altura, Ted Nuyten promoveu fortemente o esquema no BusinessForHome e nunca revelou que estava por “detrás”.

O Behind MLM recebeu recentemente uma cópia do contrato do BusinessForHome “IN THE SPOTLIGHT” SERVICE AGREEMENT“.

Acordo entre um negócio multinível e o site BusinessForHome

Datado de 1 outubro 2015, o acordo parece ser um contrato entre o BFH e uma suposta empresa de MMN.

Basicamente são pagos para fazer spam sobre as empresas que lhe pagam:

At times we publish interviews with top earners and corporate executives and place them in the spotlight. (You need to have a great story)

Na verdade não é preciso uma boa história para aparecer no site. Bastam $36,000. Ao visitar o site podes ver que falam muito bem do golpe OneCoin e de outros esquemas em pirâmide.

Em troca dos $36,000 por ano, o BusinessForHome vai:

post to its website at and other social media websites, under its ownership and control, feature articles referred to as “In the Spotlight” articles.

An In the Spotlight article is a feature of the BFH website that highlights a Direct Selling company in a positive manner.

• BFH will coordinate the publishing of all In the Spotlight articles and features;

Articles are defined as positive and non-disparaging information and reviews concerning Company. Such articles shall be published through the BFH website and to recipients in the BFH newsletter database.

A minimum of four+ (4+) articles per month which could be produced in cooperation with Company’s marketing department.

• BFH will provide Company with an opportunity to review the content prior to publishing.

Company will have seven (7) business days to review and approve all articles.

O contrato pode ser pago anualmente a $36,000 ou mensalmente por $4,000 (dá $48,000 num ano).

E se a empresa quiser cancelar o contrato antes de acabar um ano – têm que pagar uma taxa de saída de $15,000:

In the event this agreement is terminated prior to the first anniversary date, there shall be a penalty payment owed by Company in the amount of $15,000 or the remaining amount due under the contract, whichever is less.

De uma forma resumida, estes negócios duvidosos pagam ao Ted Nuyten $3,000 a $4,000 dólares por mês e podem ficar descansadas que não vai ser publicada nenhuma informação crítica, controvérsia ou “negativa” sobre o negócio.

E não é só durante o tempo que é pago, mas também doze meses depois:

Prohibited Publications.

BFH shall not publish or cause to be published any negative, disparaging, or false articles, opinions, or other statement regarding Company to BFH owned, operated or maintained websites, newsletters, or other media during the term of this Agreement and for a period of one year after termination of this Agreement.

Nada de artigos negativos, opiniões negativas, nada de coisas negativas. O dinheiro faz milagres.

As pessoas também podem comprar um serviço similar com um “investimento” de $1,500, para conseguir uma entrevista ou análise completa publicada no site.

Isto é a política de publicação de um dos maiores, se não foi o blog de MMN mais conhecido – é realmente deprimente.

Não sabemos quantas empresas pagam a Ted Nuyten os $36,000 dólares por ano.

Mas, entra em questão uma coisa muito importante sobre a indústria do marketing multinível.

The objective (BusinessForHome) is to show the “outside” world, Direct Selling, Network Marketing, MLM is a great way to earn an honest living with unlimited potential.

Será que isso é verdade se a empresa pagar milhares de dólares por notícias positivas?

Para tornar a situação mais complicada e difícil para o utilizador, o BusinessForHome não revela quando é um artigo pago.

Revelar se é um conteúdo pago e qual é a compensa seria uma boa ideia. Mas quando cobram a mais de 3500 subscritores $37.50 por ano, $57.50 por cada dois anos ou $77 por cinco anos, é importante revelar essa informação.

Além do mais, este conteúdo pago artificial é partilhado por várias pessoas nas redes sociais. Se você está de olho nesta indústria, de certeza que já pensou que o site BusinessForHome era uma fonte de informação independente e credível. Mas… não é!

Da próxima vez que ler notícias do BusinessForHome ou estiver a partilhar um artigo desse site, pense nos $36,000 que cada empresa paga anualmente para dizer “bem”!

Pelo contrário, nós não somos pagos por ninguém. Dizemos a verdade, porque por mais que doa a verdade e por mais ameaças, ela deve ser dita.